terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Atendimento personalizado: via e-mail, skype, telefone e WhatsApp.

/ /







Atendo pessoas que ainda não conseguem ter um relacionamento duradouro, ainda não encontraram o parceiro de suas vidas.



Pessoas que estão num relacionamento conflituoso. Algumas me procuram já decididas pela separação e outras decididas a salvar seu relacionamento. Vejo pessoas desistindo da separação quando antes já estavam decididas por ela, e pessoas que optam por uma separação quando esta alternativa ainda não lhes parecia tão clara.



Pessoas que ainda estão ligadas ao sofrimento daquele momento ou ao ex-parceiro e por isso não conseguem levar a vida adiante.



Pessoas que querem reconquistar o (a) ex.




Para todos os casos, meus clientes compreendem que a vida vale a pena ser vivida em sua mais profunda intensidade. Que momentos simples e singelos são tão significativos quanto datas especiais, e que vale a pena investirmos nos nossos relacionamentos. Casais felizes fazem uma sociedade melhor.



Andreia Fargnoli: Especializada em relacionamentos.



Atendimentos  via e-mail, telefone e Skype e agora WhatsApp   para todos os países. 

Clientes de outros países: Transferências podem ser feitas por  Western Union.

Consulte valores no:

dicasderelacionamento@hotmail.com

Andreia Fargnoli




Participe da nossa página no Facebook: clique aqui


domingo, 17 de setembro de 2017

Como descobrir se um homem só quer brincar e te usar

/ /




Certamente que neste exato momento existe um número gigantesco de mulheres sofrendo porque acabaram de descobrir que não passam de mero objeto nas mãos de um homem.

As mulheres são as mais decepcionadas quando o assunto é relacionamento a dois. Elas se enchem de ilusões, caem na lábia de um homem, se entregam para ele de corpo e alma e, no final. descobrem que o miserável só queria transar.

O número de emails que recebo de mulheres nesta situação lota a minha caixa de entrada.

O mais incrível é perceber o quanto elas são cegas, poderiam ter evitado tudo isso se tivessem percebido que esse relacionamento ia afundar e elas iam sofrer.

Aliás, diga-se de passagem, o mais frequente conselho que tenho dado para as mulheres é:


Cai fora desse relacionamento, senão você vai sofrer.


Infelizmente, por estarem vivendo na emoção, pensando com o coração e não com a cabeça, tais mulheres não me dão ouvido. O resultado disso é que são usadas, abusadas, destrinchadas, depois, com o coração todo despedaçado, voltam me dizendo que eu tinha razão.



A grande revelação...



Eu vou te revelar algo agora, mulher, que pode mudar toda sua vida amorosa se você for capaz de compreender: A grande culpa do homem brincar com você é sua.



E, como dizem por aí: que comece o mimimi.

Sabe por que é sua? Porque escolher o homem certo depende única e exclusivamente de você, mas ninguém pode fazer nada por ti se você não sabe escolher a pessoa com quem vai se relacionar.

Eu te pergunto: POR QUAIS CRITÉRIOS VOCÊ COLOCA EM ANÁLISE O HOMEM QUE SE APROXIMA DE VOCÊ COM FINS DE RELACIONAMENTO?

Se formos averiguar isso de perto, vamos chegar à conclusão de que dificilmente você é criteriosa, se entrega nas mãos de qualquer um que tenha um papo bacana e pareça ser "um cara legal".

Caso você não esteja entendendo isso direito, abaixo vai uma sequencia de perguntas que você deve responder para si mesma quando um homem se aproxima de ti.


  1. Você avalia como ele é com a família dele?
  2. Se ele tem os mesmos objetivos de vida que você?
  3. Se ele terminou um relacionamento recente?
  4. E, se terminou, você procura saber quais motivos levaram a isso?
  5. Você procura saber qual a profissão dele?
  6. Procura saber se ele é de fato um bom homem?
  7. Você se entrega de cara sem conhecer o cara direito?
  8. Você se envolve com um cara que nem ao menos conhece pessoalmente a não ser pela internet?
  9. Você já parou pra pensar se ele gosta de ti ou só tem atração física?
  10. Como ele vai gostar de ti se ele não te conhece direito?
  11. Será que você não está escolhendo por carência da sua parte?
  12. Você avalia se ele é um cara muito misterioso, que esconde coisas?
  13. Será que ele já te apresentou para alguma pessoa importante na vida dele?
  14. Será que ele quer ter filhos, caso você queira?
  15. Ou será que ele não quer, caso você não queira?
  16. Ele aceita seu filho de outro relacionamento?
  17. Ou mesmo, será que ele tem filhos e não te disse?
  18. Já avaliou se ele é agressivo?
  19. Ou se tem histórico de violência?
  20. Ou se é envolvido em alguma coisa ilícita?
  21. Ele tem algum vício?
  22. Ele já tentou te levar pra cama logo de cara?
  23. Ele insinua coisas sexuais o tempo todo sem nem ao menos te conhecer direito, dando a entender que é só isso que ele quer?
  24. Ele usa algum entorpecente, droga, bebida alcoólica?
  25. Ele costuma viver em baladas, festas, bebedeiras com os amigos?
  26. Ele já mentiu para você?
  27. Ele te respeita?
  28. Ele te trata como uma dama ou como uma qualquer?
  29. Ele chama palavrões? Ele já te falou algo muito duro, te xingou?
  30. Ele é comprometido e tá te dando mole?
  31. Será que ele não é casado?
  32. Será que ele não está ficando com você e com outra ao mesmo tempo?
Eu poderia fazer ainda outras várias perguntas, mas te pergunto:

Será que você se pergunta alguma destas coisas acima antes de se envolver com um homem?

É provável que não! Poucas mulheres fazem isso, é por isso que quebram a cara.


E aqui reside o primeiro grande segredo para saber se um homem quer brincar: seus critérios de avaliação para quando um homem se aproxima.

Se você não tem critérios, se você faz uma das coisas abaixo, então você só vai atrair homens que não prestam:
  • Mal conhece o homem, já está entregue;
  • Transa com o cara na primeira noite, na primeira saída, ou pouco tempo depois de conhecê-lo;
  • Sai pra beber com ele, fica porre, depois não lembra de nada;
  • Não procura saber quem ele é, o que ele quer;
  • Não sabe nada sobre ele, não conhece a família, não sabe o que ele faz, nem onde ele trabalha, nem ao menos sabe o sobrenome dele;
  • Aceita convites pra ir na casa dele, sendo que ele mora sozinho e você já sabe muito bem o que ele vai tentar ali;
  • Aceita ele te xingar;
  • Aceita ele ser duro, rude, grosso;
  • Aceita até violência física;
  • Aceita amasso, o cara passa a mão em ti em qualquer lugar que ele deseja;
  • Você não procura saber o que ele quer da vida;
  • Você não procura saber se os objetivos dele são os mesmos dos seus;
  • Você não procura saber como ele é com os familiares;
  • Você só conhece ele pela internet;
  • Você nem sequer saber como ele fica quando está com raiva;
  • Você aceita as brincadeiras sexuais dele;
  • Você vai pra cama com ele num estalar de dedos, etc, etc, etc;
Minha filha, se você se encaixa nessas situações, pode ter certeza que você vai encontrar homens que só querem brincar. Isso porque nem você mesma se valoriza. E isso vai fazer você sofrer a vida toda.

Muito bem, mas vamos agora imaginar que você estabeleceu critérios exigentes, que você se valoriza, se ama e se respeita.

Como saber se o homem só quer brincar já que você é bem seletiva?

Simples... Basta reparar nos sinais abaixo:

Ele não tem objetivos definidos com você: só quer curtir, brincar, transar, mas você olha pra ele e não consegue entender pra onde uma relação com ele vai dar.

Ele parece só querer sexo, só fala de transar ou insinua coisas sexuais: piadinhas sexuais, convites pra ir a motéis ou na casa dele, locais escuros, casas de amigos, etc.

Ele não te apresenta pra família dele: parece não ter a mínima intenção de que você saiba de onde ele vem ou que a família dele te conheça.

Ele só quer sair com você a dois, parece que esconde você de outras pessoas ou de alguém: não te apresenta os amigos, não te leva pra ver a família, parece que tem medo de encontrar um conhecido na rua enquanto ele está contigo.

Ele já mentiu para você: pode ter sido uma mentirinha, mas mentiu.

Ele parece que perdeu o interesse depois que conseguiu transar contigo: você caiu na bobeira de ceder pra ele, agora parece que ele já conseguiu o que queria e não é mais a mesma coisa.

Ele some, aparece só quando quer transar, depois some de novo: típico do homem que não quer nada. Com quantas além de você será que ele não faz ou fez o mesmo?

Ele não faz você se sentir valorizada por ele: é como se você fosse um mero objeto que ele usa quando quer.

Ele é meio esquisito, parece que tem vida dupla: sabe aqueles caras que some, aparece, some, aparece, como se tivesse outra família?

Ele é casado, mas fica te fazendo promessas de que vai largar a esposa pra ficar contigo: só o fato dele ser casado e te dar bola já demonstra o mal caráter que ele é.

Ele inventa muitas desculpas para não fazer alguma coisa contigo ou pra ti: parece que ele foge das responsabilidades. Agora convida ele pra transar pra ti ver se ele não vai arrumar um tempo pra ti.

Ele gosta muito de sair sozinho com os amigos, pra balada, festas, etc: o que será que tem lá quando você não está?

Ele parece ser um cara bem desenrolado e dá muito mole pra outras mulheres: um galinha.

Ele tem muitas "amigas": desconfie, homens não tem amigas.

Ele é galinha e você já sabe disso: o pior é quando você já sabe, todo mundo fala, mas você pensa que vai muda-lo.

Ele já olhou pras suas amigas de maneira maliciosa e você percebeu: caia fora.

Ele olha pra outras mulheres na rua quando vocês estão juntos: imagina quando você não está por perto.

Ele não parece se importar com o que você pensa: tá nem aí.

Ele faz de tudo pra transar contigo todas as vezes que pode: claro, é só isso que ele quer de ti.

Bom, se ele faz as coisas acima ou coisas semelhantes a essa, pode ter certeza que ele não quer nada contigo além de brincar.

E quando um homem quer algo sério então?


Quando ele...
  • Busca te conhecer mais a fundo, saber da sua família, quem você é, o que quer, que planos tem;
  • Não tem pressa para ter relações sexuais contigo, primeiro ele quer te conhecer;
  • É um cara que pensa em formar família, casar; parece está te estudando para ver se você é a certa pra ele;
  • Quando você vê que ele é sério, tem intenções sérias;
  • Quando ele te ajuda nos seus próprios planos de vida, se faz presente, liga, mostra que se importa;
  • Quando ele não fica nessa de "não quero compromisso sério, vamos só curtir";
  • Ele quer te assumir;
  • Ele te leva na casa dele, apresenta o pai, a mãe, o cachorro, o papagaio;
  • Faz questão de te incluir nas coisas dele, na roda de amigos dele;
  • Ele quer te mostrar pra todo mundo;
  • Tem prazer em andar contigo de mãos dadas por aí;
  • Ele não quer só ficar, ele quer te namorar, quem sabe casar contigo;
  • Etc, etc;
Quando um homem quer algo sério com uma mulher, ele tem uma postura. Quando ele não quer, ele tem outra. Acredite, eu sei disso, eu já fui assim, de não querer nada sério. Graças a Deus hoje eu sou outra pessoa.

Mas acredite, se você for seletiva, saber ser criteriosa na hora de escolher um homem, você não vai precisar se preocupar se ele quer algo sério ou não, pois ao passar pelos seus critérios, ele já vai estar querendo algo sério.

Faça apenas uma coisa: se valorize e saiba escolher com a cabeça e não com o coração.



Dúvidas? Deixe seu comentário>



sobrerelacionamento

sábado, 9 de setembro de 2017

O mal de amar demais

/ /
A experiência mostra que pessoas que são muito amadas tendem a serem as mais ingratas. Filhos que foram muito amados são os que mais dão trabalho quando crescem. Namorados (as) que foram muito amados tendem a ser bastante sacanas no fim do relacionamento. Quem não conhece casos assim?
Amar demais em geral é sinônimo de fazer tudo pelo outro. Deixam de dar para si mesmo por amor ao outro. Privam-se, deixam de lado, se doam, se entregam totalmente e sem reservas, deixam de dizer coisas para não magoar, passam a mão na cabeça para amenizar sofrimentos que a vida traz, diminuem as verdades na tentativa de suavizar dores, engolem sapos e lagartos e tudo isto é entendido como sinal de amor, ou pior de amar demais. E por fim, esta pessoa que você tanto amou, se entregou e fez de tudo vai te deixar e ainda te dizer coisas absurdas.
Bem, vamos repensar isto. Amar não é nada disto. Amar é cuidar do outro sim, é estar junto, é apoiar, acompanhar e valorizar o outro, mas em nenhum momento é se auto abandonar. Amar alguém não é obscurecer as verdades e nem passar por cima de seus princípios, pois isto é falta de amor próprio. E de uma grande inversão de valores. Em nome do amor pelo outro se desvaloriza e desconsidera. E espera, magicamente, que o outro te valorize e considere. Seria isto possível?
Quem se valoriza é valorizado.
Quem se impõe é respeitado.
E o contrário é verdadeiro na mesma intensidade.
Os pais tendem a serem as maiores “vítimas” neste sentido, pois já viveram mais e sabem que a vida é feita de dores e que algumas são bastante intensas. Um desejo imenso que os pais têm é de impedir que seus filhos passem por tais emoções. Contudo, ao tentar privá-los disto, os impedem de amadurecer. Pois só se aprende a enfrentar a vida com a verdade, ou seja, encarando a realidade. A cada momento em que os pais tentam amenizar o sofrimento estão impedindo o filho de desenvolver capacidades de enfrentamento. Não é abrandar a dor e sim estar ao lado para enfrentar junto, não é enfrentar por ele, é ajuda-lo a pensar em alternativas ou quando não houver é chorar e viver a dor em companhia, aliás, que grande aprendizado saber que nas horas difíceis temos com quem contar. Pais esquecem muito facilmente que venceram seus próprios sofrimentos, isto não um indicio de que os filhos também são capazes?
Temos medo do sofrimento e por isso tentamos aplacá-lo para não alcançar quem amamos, contudo isto não ajuda em nada. Ao contrário, só prejudica. Acaba-se por criar um mundo fantasioso e irreal. Depois quando os filhos crescem e já não se pode mais protegê-los a dor os alcança e, neste momento, os filhos percebem o quanto são incapazes de se defender. E o que eles fazem? Voltam-se contra os pais acusando-os como se fossem culpados por suas mazelas, pois todo o ódio que estão do mundo se volta contra quem mais os ama. Injusto não é? Sim, muito!!!  Mas uma hora eles vão precisar amadurecer, não há como impedir, só adiar.
No relacionamento amoroso o amar demais aparece na forma de fazer tudo pelo outro, aceitar tudo, perdoar tudo, estar sempre disponível e, aqui também, há a expectativa de que o outro o valorize. Quem fica muito a disposição deixa de ser gente para ser visto como objeto. Pode ser um lindo objeto e ate bastante necessário, mas não será entendido como alguém com valores e necessidades próprias. Afinal, objetos não falam. Quem quer ser valorizado, precisa antes se valorizar. Quem quer ser amado, precisa antes se amar. E isto não se conquista com brigas ou pedidos e sim com novas condutas.
Talvez por isso Jesus tenha deixado apenas dois mandamentos como sendo os mais importantes: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.
Não é possível amar ao outro sem se amar antes. E aqui cabe uma reflexão muito importante: como você se ama? Você se valoriza, percebe coisas boas em si mesmo, tem clareza de seus princípios, valoriza seus desejos, lida bem com seus erros e defeitos? Como você cuida de si mesmo, se responsabilizando por suas necessidades ou esperando que os outros façam isto por você? Como você se vê em relação aos outros, igual ou menor? Como você demonstra suas vontades, entendendo-as como dignas de serem valorizadas ou sem importância? Enfim, como você se vê?
É como você se ama que determinará como se colocará diante dos outros. Amar demais a alguém na verdade pode ser um grande sinal de se amar pouco.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

O que você mais gosta na hora do sexo oral?

/ /

terça-feira, 29 de agosto de 2017

O que eles e elas mais curtem

/ /

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Veja 5 motivos que levam os homens a curtirem pornô

/ /
Meu marido gosta muito de fotos eróticas e vídeos. Ele pede que eu veja e diz que queria que eu fizesse o que aquelas mulheres fazem. 

Ela evita transar comigo, mas vê pornô.

Meu marido assiste a pornôs, mas me incomodo demais... Fazemos de tudo no sexo.

Por que homens casados veem pornôs? 



A indústria pornográfica impõe um modelo de mulher pautada no fingimento. Elas têm um comportamento sexual que parece o sonho da maioria dos homens: aceitam todo o tipo de prática, têm uma postura de submissão e fazem uma gritaria na hora que simulam o orgasmo.

Porém, é tudo muito diferente da vida real, em que homens e mulheres gostam muito dos prolongados beijos na boca, das carícias, da descoberta delicada e pausada das partes dos corpos que vão se mostrando. A realidade é que a grande maioria das mulheres se excita mais com a estimulação do clitóris do que com a penetração vaginal ou anal.

E o filme pornográfico é mais grosseiro. São poucas as que querem aprender a serem como as atrizes pornôs, mas muitas imitam estas personagens para satisfazer seus pares. 

O pornô serve mais para eles se avaliarem. Pouco tem a ver com estarem insatisfeitos com vocês. 

Veja por que eles assistem:

1) Não têm coragem de pedir ou estimular sua mulher como as que veem nos filmes, porque não querem inventar moda. 

2) Não querem revelar o que realmente desejam.

3) Homens são visuais. Eles gostam de ver o sexo.

4) Os pênis dos atores são gigantes, e eles gostam das comparações.

5) A ejaculação é intensa e abundante nos filmes.

Vocês já pensaram em assistir ao pornô a dois?





Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga meu Facebook